Diana Hay

1228-phpCFODih

Chegou ao Brasil um sistema exclusivo voltado para instituições interessadas em elaborar relatórios de sustentabilidade. Trata-se do Credit360, parceiro tecnológico da Global Reporting Initiative (GRI). A ferramenta disponibiliza um índice de indicadores de desempenho sustentável baseado nas diretrizes da GRI, a partir da combinação de critérios como meio ambiente, direitos humanos, emissão de carbono, entre outros.

O sistema é desenvolvido por uma empresa de mesmo nome, sediada em Cambridge, Inglaterra, e o trabalho é feito via web. A proposta é ajudar as organizações a simplificarem a coleta dos diversos dados necessários para avaliar sustentabilidade, desde a pegada de carbono ao uso de água.

“O nosso sistema foi traduzido para o Português, portanto agora dispomos de suporte para os clientes brasileiros na nossa língua”, destaca Diana Hay, que assumiu a gerência de Desenvolvimento de Negócios da instituição no Brasil recentemente. Ela trabalha no escritório da empresa instalado em Chicago, nos Estados Unidos.

Em entrevista exclusiva para o Responsabilidade Social.com, Hay detalha como o trabalho é realizado, antecipa os planos da empresa no Brasil e avalia o setor de responsabilidade social empresarial no país. A Credit360 figura a lista das quatro empresas no mundo com certificação de ouro e parceiro certificado para cálculo de carbono pelo Carbon Disclosure Project (CDP). A instituição atende atualmente 80 instituições em todo o mundo. Acompanhe:

1) Responsabilidade Social – A senhora assumiu recentemente a diretoria de Desenvolvimento de Negócios da CRedit360 no Brasil. Quais serão suas prioridades à frente da área?
Diana Hay
– Estou muito animada e orgulhosa em fazer parte do grupo Credit360 devido ao importante papel, a nível global, da empresa em conseguir ajudar empresas líderes a avançarem suas estratégias de sustentabilidade, e ajudar a trazer essas ferramentas de classe mundial para o meu país, o Brasil.

2) RS – A CRedit360 desenvolve um sistema exclusivo de gerenciamento de dados que auxilia as empresas a entenderem quais são os principais impactos sociais e ambientais da sua organização. Como essa análise é feita?
DH
– Por meio de especialistas na área de comunicação e de relatórios de responsabilidade social, a Credit360 ajuda empresas a simplificarem a coleta de diversos dados necessários para avaliar sustentabilidade, desde a pegada de carbono e uso de água, passando por impactos sociais e a participação da comunidade. É muito difícil para qualquer empresa fazer isso inicialmente, principalmente sem ferramentas para ajudar.

A Credit360 desenvolveu ferramentas via web fáceis de implementar e usar que permitem a coleta, análise e comunicação dos dados com o mínimo de esforço dos usuários. Para facilitar a avaliação, é fácil gerar painéis, gráficos e tabelas personalizadas para ir ao encontro com as estratégias de cada empresa para ajudar a medir e gerenciar o progresso.

Sem uma ferramenta como o Credit360, as empresas costumam circular planilhas Excel ou algo parecido – sendo muito complicado garantir a integridade dos dados dessa maneira. A Credit360 fornece uma trilha de auditoria completa de todos os dados recolhidos para que sempre seja possível verificar por quem, onde e quando toda e qualquer informação foi inserida, além de ser possível associar documentos pertinentes aos dados.

Tudo isso é projetado para tornar o trabalho dos profissionais ligados à área de sustentabilidade mais fácil, inclusive vinculando os dados a estruturas internacionais, tais como GRI, CDP, Pacto Global entre outros.

3) RS – Para a senhora, as empresas, têm clareza sobre sua pegada ecológica?
DH
– Acredito que cada vez mais empresas estão se esforçando para identificar sua pegada de carbono. Cada empresa precisa decidir se vai considerar apenas as emissões relacionadas a seus escritórios e a sua frota para medir sua pegada de carbono ou se vai incluir as emissões de seus fornecedores também. Como todos nós aprendemos, essas são questões bastante complexas.

A Credit360 é parceiro certificado pelo Carbon Disclosure Project com Padrão Ouro (Gold Standard) para cálculo carbono e estamos muito orgulhosos por essa conquista. Essa certificação significa que nossas ferramentas foram rigorosamente testadas e podemos garantir que ajudamos empresas a recolher e calcular os dados necessários para a sua pegada de carbono, caso esses estejam apenas começando ou já estejam calculando sua pegada há anos.

4) RS – Como a senhora avalia a responsabilidade social empresarial no Brasil? A inserção da temática é satisfatória?
DH
– As empresas brasileiras vêm tomado iniciativas para abordar muitas questões envolvidas com RSE há anos. Com 135 empresas brasileiras gerando Relatórios GRI e uma taxa de resposta para o CDP superior a 70%, as empresas brasileiras estão definitivamente, assumindo a liderança. Sustentabilidade ou RSE não é uma atividade com uma única etapa, mas sim um processo para a melhoria do gerenciamento das empresas buscando resultados positivos nos âmbitos social, ambiental e financeiro .

5) RS – Quais os principais gargalos do setor e de que forma a CRedit360 atua para minimizá-los?
DH
– É difícil para as empresas medirem o desempenho de tantas novas métricas quando estão acostumados apenas a avaliar o progresso financeiro. Os padrões mudam com o tempo e agora empresas querem saber quais são os custos sociais e ambientais e quais são seus benefícios. Para nós que trabalhamos nessa área é emocionante ver a evolução da RSE – e sabemos que é um verdadeiro desafio.

É por isso que o Credit360 foi desenvolvido para ser uma ferramenta flexível. Quando começamos, há dez anos, nossos clientes queriam saber sobre contribuições de caridade e práticas de contratação mais do que impacto ambiental. Agora eles querem saber, em detalhes, sobre utilização de água, assim como pegada de carbono. Nós desenvolvemos nossas ferramentas para permitir que nossos clientes consigam facilmente mudar e/ou adicionar novas métricas e novas metas conforme necessário.

6) RS – Quantas empresas já foram atendidas no país pelo sistema e quantas participam hoje?
DH
– Há anos trabalhamos com a Telefonica e Serasa. Estamos muito felizes em ter adicionado a nossa lista de mais de 85 clientes ao redor do mundo, dois novos clientes com sede no Brasil – Copersucar e FIEP. O CRedti360 ajuda ambos a coletar uma ampla gama de dados e a gerar Relatórios GRI.

7) RS – Quais as metas da CRedit360 para este ano?
DH
– Nossa meta para este ano é entrar em contato com o máximo de empresas brasileiras possível, aprender sobre seus programas e os desafios que enfrentam e, em seguida, ajudá-los a simplificar a sua gestão da RSE.

8) RS – O que a senhora entende por responsabilidade social?
DH
– Responsabilidade social é um conceito em que empresas decidem, em uma base voluntária, contribuir para uma sociedade mais justa e para um ambiente mais limpo. Empresas socialmente responsáveis tem como objetivo equilibrar os impactos de suas operações e práticas para maximizar seu desempenho nos três pilares: pessoas, Planeta e lucro também conhecido com os 3 P”s em inglês: people, Planet e profit.

Sabemos que as empresas mais bem-sucedidas são as que têm integrado sustentabilidade às suas estratégias permitindo assim planejar crescimento a longo prazo e estamos aqui para ajudar e facilitar esse processo.


Credit360 - Telefone: 1-312-884-9896 - E-mail: diana.hay@credit360.com

Também nessa Edição nº: 115
Perfil: Jacques Marcovitch
Artigo: Onze tendências de comunicação da sustentabilidade
Notícia: O que deu na mídia (edição 115)
Notícia: Ativismo social em alta
Notícia: Projeto pioneiro no país capacita jovens com deficiência intelectual e promove a inserção deles no mercado de trabalho
Notícia: Tratamento de risco
Oferta de Trabalho: Procura-se (03/2011)