Fundação Espaço Eco completa cinco anos e soma mais de 93 mil pessoas atendidas

Atividades realizadas pela fundação incluem atividades relacionadas à educação ambiental, reflorestamento e ecoeficiência

Atividades realizadas pela fundação incluem atividades relacionadas à educação ambiental, reflorestamento e ecoeficiência

Instituição é o primeiro centro de excelência para ecoeficiência aplicada na América Latina

A Fundação Espaço ECO (FEE), criada pela Basf, com o apoio da GTZ, agência de cooperação técnica internacional do governo alemão, comemora cinco anos de atividades com resultados positivos. A instituição, que é o primeiro centro de excelência para ecoeficiência aplicada na América Latina, registra mais de 93 mil pessoas beneficiadas por suas ações, direta e indiretamente.

Instalada em São Bernardo do Campo, São Paulo, a entidade se destaca por alinhar a experiência de uma indústria à atuação de uma instituição do terceiro setor, mantendo uma gestão profissional orientada ao foco do cliente. O resultado dessa postura é a promoção do desenvolvimento sustentável, por meio de atividades relacionadas à educação ambiental, reflorestamento e ecoeficiência.

Para se ter uma ideia, somente por meio de um projeto, a instituição já promoveu o plantio de, aproximadamente, 300 mil mudas, utilizadas para a restauração de 183,71 hectares, área equivalente a 170 campos de futebol, segundo padrões da Fifa. As ações de reflorestamento são voltadas à restauração de espaços urbanos, áreas de preservação permanente (APP) e reserva legal (RL), conforme a legislação ambiental brasileira. Ao todo, a fundação desenvolve cinco projetos de educação ambiental, todos realizados com parceiros.

A instituição dispõe, também, de soluções que contribuem para a tomada de decisões estratégicas sobre investimentos, produtos e implementação de novas tecnologias. As iniciativas, além de possibilitar o diálogo com os diferentes públicos de relacionamento, permitem o mapeamento dos aspectos ambientais, econômicos e sociais.

Destaque também para as análises de ecoeficiência, certificadas pela agência ambiental alemã TÜV. Trata-se da avaliação da performance social, econômica e ambiental de produtos, processos e serviços que desempenham uma mesma função ao longo de todo o seu ciclo de vida, ou seja, desde a extração de matérias-primas até a sua disposição final, seja para reciclagem, aterro sanitário ou incineração.

Até o momento 30 análises já foram feitas, o que na avaliação da instituição, demonstraram benefícios e oportunidades de melhoria contínua. “A prosperidade das atividades da fundação durante os últimos anos também contribuiu para ampliar a percepção das empresas sobre a importância da sustentabilidade na gestão dos negócios, de maneira estratégica”, destaca a presidente da fundação, Sonia Chapman.

A fundação já expandiu suas ações e atua também no Chile e na Argentina. “A expansão das nossas atividades além das fronteiras brasileiras traz uma grande satisfação de vermos a transformação para a sustentabilidade acontecendo também em outros países. Compartilhamos experiências e boas práticas realizadas pelos parceiros que conquistamos nestes cinco anos”, completa Chapman.


Fundação Espaço ECO - Telefone: (11) 3043-2715

Também nessa Edição nº: 109
Perfil: Roberto Kikawa
Entrevista: Alexandra Pereira Klen
Artigo: Agroenergia: uma oportunidade para integrar o saber e o saber fazer
Notícia: O que deu na mídia (edição 109)
Notícia: Inpe aponta desafios para a superação das mudanças climáticas
Notícia: São Paulo emite 143 milhões de toneladas de CO2 equivalente, indica inventário
Oferta de Trabalho: Procura-se (12/2010)