Anglo American investe R$ 30 milhões em preservação ambiental

Investimentos fazem parte do licenciamento ambiental junto ao (IBAMA)

Investimentos fazem parte do licenciamento ambiental junto ao (IBAMA)

A expectativa da empresa é de empregar R$ 15 milhões ainda no primeiro semestre deste ano

Com o objetivo de contribuir para a manutenção e implantação de Unidades de Conservação (UCs) em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, a Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American irá investir R$ 30 milhões em iniciativas de preservação ambiental. A previsão é de que só no primeiro semestre deste ano sejam destinados cerca de R$ 15 milhões a atividades dessa natureza nas regiões de influência direta e indireta do Sistema Minas-Rio, operação de exploração de minério de ferro da empresa localizada nesses dois estados.

“Esses investimentos fazem parte do licenciamento ambiental junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e irão contribuir para a preservação ambiental de áreas próximas a localidades de atuação da empresa. Além disso, todo o trabalho será realizado de acordo com as especificidades ambientais de cada região contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico dessas localidades”, afirma o gerente geral de Desenvolvimento Sustentável da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American, José Centeno.

Do montante de R$ 30 milhões, R$ 5 milhões já foram destinados ao Parque Estadual Serra do Brigadeiro, na região do mineroduto do Sistema Minas-Rio em Minas Gerais e outro de R$ 1 milhão no Parque Estadual Pico do Itambé, próximo ao município mineiro do Serro. Esses valores estão sendo utilizados para regularização fundiária e aquisição de bens e serviços necessários à implantação, gestão, monitoramento e proteção das Unidades de Conservação (UC´s).

No mês de fevereiro, a empresa destinou um total de R$ 230 mil às Áreas de Proteção Ambiental (APAs) de Água Santa de Minas e Nova Era, localizadas nos municípios mineiros de Tombos e Nova Era, respectivamente. O aporte será destinado à elaboração de planos de manejo paras as respectivas áreas, que contemplarão os limites das áreas de proteção ambiental, as normas de uso, de que forma os recursos naturais serão aplicados e quais estruturas serão necessárias para a administração das unidades.

O investimento significativo da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American em preservação ambiental tem sido uma iniciativa contínua da empresa. Em 2013, a companhia doou mais de R$ 13 milhões às UCs do Parque Estadual da Serra do Intendente, Parque Estadual do Pico do Itambé, Monumento Natural Municipal Serra da Ferrugem e Parque Natural Municipal Salão de Pedras, todas localizadas na região da mina do Sistema Minas-Rio, em Conceição do Mato Dentro.

Sobre o Sistema Minas-Rio

O Sistema Minas-Rio atingirá sua capacidade máxima de produção de 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro até 2016. O Minas-Rio inclui uma mina de minério de ferro e unidade de beneficiamento em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas, em Minas Gerais; mineroduto com 529 km de extensão e que atravessa 33 municípios mineiros e fluminenses; e o terminal de minério de ferro do Porto de Açu, no qual a Anglo American é parceira da Prumo Logística com 50% de participação, localizado em São João da Barra (RJ).

Sobre a Anglo American

A Anglo American é uma empresa global e diversificada de mineração que fornece as matérias-primas essenciais para o desenvolvimento econômico e a vida moderna. Nossas pessoas estão no centro do nosso negócio. São as nossas equipes que usam as últimas tecnologias para encontrar novos recursos, planejar e construir novas minas e que mineram, processam, movem e comercializam nossos produtos – de produtos a granel e metais de base a metais preciosos e diamantes (por meio da DeBeers) – para nossos clientes em todo o mundo. Nosso portfólio diversificado de produtos abrange todo o ciclo de desenvolvimento econômico e, como uma mineradora responsável, nós somos os guardiões de recursos preciosos. Trabalhamos em conjunto com os nossos principais parceiros e partes interessadas ​​para transmitir o valor de longo prazo que esses recursos representam para os nossos acionistas, mas também para as comunidades e os países onde operamos – a criação de valor sustentável e fazer uma diferença real. Nossas operações de mineração, projetos de expansão e nossas atividades de exploração e comercialização estão presentes no sul da África, América do Sul, Austrália, América do Norte, Ásia e Europa.

A empresa atua no Brasil desde 1973 e hoje está presente no País com quatro produtos: minério de ferro, com o Minas-Rio, um dos maiores empreendimentos de exploração de minério de ferro em operação no mundo; níquel, com operações nos municípios de Barro Alto e Niquelândia, em Goiás; fosfato, com as operações nos municípios de Ouvidor (GO), Catalão (GO) e Cubatão (SP), e nióbio, presente nos municípios de Catalão e Ouvidor, em Goiás.


Mais informações sobre a empresa estão disponíveis no site www.angloamerican.com.br.

Também nessa Edição nº: 189
Entrevista: Eduardo Odebrecht de Queiroz
Artigo: Fundação Itaú Social anuncia inscrições para o Prêmio Itaú-Unicef 2015
Artigo: A sustentabilidade na saúde começa antes dos hospitais
Notícia: ​​Projeto da Fundação Sinhá Junqueira prepara gestantes para a maternidade
Notícia: O que deu na mídia (edição 189)
Notícia: Abertas as inscrições para Prêmios Empreendedor Social e Folha Empreendedor Social de Futuro 2015
Oferta de Trabalho: Oportunidades de trabalho