Espaço Natura de Consumo Consciente

453-phpNlbtbB

A Natura criou um espaço com proposta bastante diferente na última edição do São Paulo Fashion Week. O espaço se destacou pela proposta de respeito ao meio ambiente e estimulação da postura do desenvolvimento sustentável. As paredes forradas com papel reciclado, o piso e as banquetas de madeira certificada pelo FSC (Forest Stewardship Council) e os tapetes confeccionados em fibra de bananeira foram algumas idéias que o cenógrafo Beto Von Poser colocou em prática para representar o tema do lounge nesta edição: consumo consciente. “É importante disseminar as de ações ecologicamente corretas em um evento como o SPFW, que recebe formadores de opinião e tem o poder de fazer a cabeça das pessoas”, defende. Para concretizar na decoração a iniciativa da Natura de vegetalizar as fórmulas de seus óleos corporais, por exemplo, Von Poser montou uma ‘plantação de óleos vegetais’, com centenas de tubetes de papelão, na altura árvores, preenchidos com óleo trifásico. O designer também utilizou refis de batons e sombras da linha Natura na decoração do espaço de maquiagem no lounge. O área do stand, de 162 m², levou três semanas para ficar pronto, desde o projeto até a montagem, e contou com uma equipe de 21 cenotécnicos.


Logo no primeiro dia, um almoço foi oferecido para os jornalistas que, além de conhecerem o espaço inspirado no consumo consciente, também experimentaram delícias de um menu especialmente elaborado para celebrar esse momento. O bufê Strauss Gastronomia, de Gisele Nose, se inspirou no tema do lounge e criou um cardápio onde todas as partes dos alimentos foram aproveitadas, como pratos feitos com cascas de legumes e talos. Frango com molho de laranja e limão, acompanhado de crisp de casca de batata; salada de folhas com talos e tomate grelhado; e lasanha com vegetais com casca foram algumas opções do menu que surpreenderam os paladares. De sobremesa, bolo de casca de banana, compotas de frutas em calda e trufas de coco revelaram que com criatividade é possível fazer pratos saborosos sem desperdício e, melhor, ricos em vitaminas.


No lounge, os visitantes também foram surpreendidos com a calculadora ecológica. Quantos quilômetros você roda de carro em um mês? Com que freqüência viaja de avião? Qual o seu consumo mensal de energia elétrica em casa? Respondendo a essas e outras perguntas bem simples, os visitantes do lounge da Natura na SPFW tiveram a chance de medir quanto vêm emitindo de gás carbônico na atmosfera, o que contribui para o aquecimento global. A partir de cálculos gerados pelas respostas dos visitantes, a calculadora ecológica instalada pela ONG brasileira The Green Initiative – que atua pela recuperação de áreas degradadas da Mata Atlântica -, aponta quantas árvores devem ser plantadas para compensar o prejuízo causado pela emissão de gases tóxicos e, assim, neutralizar o impacto negativo de cada indivíduo no meio ambiente.


A estilista da grife UMA, Raquel Davitowicz – que apresentou uma coleção feita em tecidos naturais, como seda e malhas de algodão orgânico e semente de cupuaçu e bambu – passou no lounge da Natura para prestigiar a iniciativa da empresa de estimular o consumo consciente. “O mercado ainda resiste em usar esses materiais por conta do custo elevado. Daí a importância de divulgar que é possível aliar moda e ações socialmente responsáveis. Afinal, à medida que a procura cresce, baixa o preço para quem cria e para quem consome”, explicou.