Léo Valença (2011/10)

1346-php6BhEwb

Para o publicitário Léo Valença, meio ambiente é coisa séria, mas nem por isso ele deixa de usar o bom humor para abordar o tema. Ele é o organizador do livro “Aquecimento Global em cartuns”, composto por tirinhas e quadrinhos elaborados por ele e outros 24 artistas brasileiros. O objetivo é alertar a população sobre os efeitos das mudanças climáticas e incentivar hábitos que garantam a preservação ambiental.

“Mas, nada de dicas sérias: tudo é feito com bom humor e uma certa ironia”, diz o carioca formado pela Escola Técnica de Comunicação. Os desenhos mostram, por exemplo, pinguins indo à praia por causa do calor e ursos polares sofrendo com a diminuição do seu habitat natural, devido ao derretimento do gelo dos pólos.

Vale destacar também que a impressão do livro é totalmente atrelada ao conceito ‘ambientalmente correto’. Somente a partir de solicitações, a editora PoD produz cópias dos exemplares. Trata-se de uma técnica de alta tecnologia e de administração de recursos, com vistas à reduzir gastos financeiros e o impacto ambiental. A publicação foi elaborada em parceria com o portal Brazil Cartoon e é direcionada, principalmente, para os jovens.

De acordo com Valença, o livro tem sido bem recebido pelos professores e ecologistas do país, que tem apostado na iniciativa para abordar a questão em sala de aula. “A agilidade com que a arte ilustrativa transmite conteúdos informativos é encarada muitas vezes superior àquela das informações verbais veiculadas em forma de texto”, defende.

Ainda segundo o desenhista, atualmente os termos ecologia e sustentabilidade estão na moda, entretanto, ainda são poucos os que fazem o mínimo necessário pelo meio ambiente. “O cartum como ferramenta de problematização de questões ambientais pode atuar como importante meio de conscientização social, principalmente no contexto atual, no qual o planeta carece de novos modelos de gestão dos seus recursos naturais”, completa.

Recentemente, ele criou o personagem Lucas, um duende ecológico que ama e protege as plantas e os animais. As histórias serão publicadas no portal Green Nation (http://www.greennation.com.br). A ideia é promover uma reflexão sobre a preservação do meio ambiente. “O cartunista é um profissional que está sempre antenado ao que acontece ao seu redor. Os problemas que temos hoje, como a questão ambiental, tem sido fontes de constante inspiração para as minhas criações”.

Cartunista profissional desde 2002, Leonardo Valença fez cursos de desenho no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em figura humana, humor, história em quadrinhos e arte-final. Em 2006, ficou em primeiro lugar na votação online da mostra Arte pela Paz. No ano seguinte, foi o vencedor do concurso em homenagem ao desenhista Hermes Tadeu, entre outras premiações. Para 2012, a meta é lançar um livro com os seus melhores cartuns sobre o Rio.


Léo Valença - Site para a compra do livro: www.podeditora.com.br

Também nessa Edição nº: 127
Entrevista: Sebastião Luiz de Mello
Artigo: “Lembrando Prahalad, sobre inovação e sustentabilidade”
Notícia: Nokia recolhe celulares em desuso e envia para centros de reciclagem
Notícia: Energia limpa (2011/10)
Notícia: Sabin inagura ludotecas no Distrito Federal
Oferta de Trabalho: Procura-se (10/2011)