Ranking com as 28 melhores práticas socioambientais do País são apresentadas pelo Programa Benchmarking Brasil

3-primeiros-colocados-ranking-Benchmarking2015

Itaipu, Cargill e Triunfo-Transbrasiliana foram os primeiros colocados

Inovações, preservação ambiental, desenvolvimento sustentável é o que reúne o Programa Benchmarking Brasil que chega à sua 13a edição e divulga o ranking 2015 com as melhores práticas socioambientais do País. Os três primeiros colocados foram Itaipu Binacional (PR), Cargill e Triunfo-Transbrasiliana com os respectivos cases Mais Peixes em Nossas Águas, Pomarola Mais Sustentável e Multiplicadores em Educação Ambiental. Outras 25 organizações foram certificadas pelo Programa este ano, considerado o mais importante selo socioambiental do País justamente o pelo seu formato inovador com que mobiliza a massa crítica do setor e contribui para o avanço da sustentabilidade. Todas as empresas submeteram seus cases para avaliação de 16 especialistas de seis diferentes países segundo a metodologia “Benchmarking”, reconhecida pela ABNT e já são referências pela inovação e qualidade de suas práticas.

Essa edição recebeu 58 inscrições de organizações de vários ramos e portes, localizadas em todo território nacional. Os 28 cases reconhecidos este ano passam a integrar o maior banco digital de práticas de sustentabilidade certificadas e com livre acesso do país, e também são publicados em livros e revistas especializadas e de gestão, além de serem apresentados em encontros técnicos. “Apesar de existirmos há mais de uma década, são poucas as organizações que conseguem passar pelo crivo do Programa Benchmarking Brasil e obter nota suficiente para ter seu case certificado”, diz Marilena Lavorato, idealizadora da iniciativa. “Benchmarking Brasil é um contraponto ao green washing, e a organização que participa comprova sua coerência (e excelência)”, encerra.

Conhecendo melhor os três primeiros colocados
O primeiro colocado do ranking foi a Itaipu Binacional com o projeto “Mais Peixes em Nossa Água”. O projeto é desenvolvido desde 2003 e atinge 140 toneladas de peixe produzido pelos pescadores artesanais. Isso representa 10% da produção pesqueira do reservatório em Foz do Iguaçu (PR). “Conseguimos retomar a quantidade de peixes nativos que tínhamos anteriormente no reservatório. O projeto tem como objetivo promover o desenvolvimento socioambiental e a melhoria de renda dos pescadores artesanais em torno da região de Itaipu, por meio do cultivo de peixe em tanque-rede”, comenta Celso Buglione, representante da Itaipu.

A empresa Cargill foi premiada em segundo lugar com o “case” “Pomarola Mais Sustentável”. As ações envolveram todas as etapas da cadeia do molho de tomate, como transporte do tomate para fábrica, ações na fábrica e pós-fábrica, na chegada do produto até o cliente. O conjunto de ações teve um impacto no processo produtivo como a redução de 10 mil toneladas de CO². Isso equivale a toda a frota da cidade do Rio de Janeiro de veículos (dois milhões e 200 mil) rodando um dia inteiro.

Outra inciativa vencedora envolveu a capacitação de professores. Com o projeto “Multiplicadores em Educação Ambiental”, a concessionária rodoviária Triunfo Transbrasiliana capacitou em um curso um grupo de educadores nos municípios de Marília e São José do Rio Preto, interior paulista. Esses professores vão fazer a multiplicação de trabalho de sustentabilidade com seus alunos na rede pública.

Sobre o Programa Benchmarking Brasil
Em 13 edições já realizadas, o Programa Benchmarking Brasil se consolidou como um dos mais respeitados Selos de Sustentabilidade do país. Com uma metodologia estruturada, reconhecida pela ABNT, e participação de especialistas de vários países, o Ranking Benchmarking define e reconhece os detentores das melhores práticas de sustentabilidade do Brasil.

O objetivo é divulgar Exemplos que educam e Práticas que transformam. Ao todo, o Programa já reconheceu 339 casos de boas práticas de sustentabilidade, 36 projetos de inovações verdes, além das obras artísticas e homenagens a pessoas que fazem a diferença nessa área.

O programa, além do Ranking congrega outras ações de fomento a sustentabilidade como publicações, banco digital de livre acesso, encontros técnicos, feiras e congressos, entre outros. Além de incentivar a busca da melhoria contínua e a adoção das boas práticas nas organizações, o Programa Benchmarking Brasil contribuiu ao longo destes 12 anos de forma efetiva com a construção de massa crítica em sustentabilidade no país.

Em 2013, Benchmarking Brasil foi o grande vencedor (1º colocado) na categoria Humanidades do Prêmio von Martius de Sustentabilidade da Câmara de Comércio Brasil Alemanha.


Programa Benchmarking Brasil - www.benchmarkingbrasil.com.br

Também nessa Edição nº: 195
Entrevista: Ronaldo Scucato
Artigo: Culturas Ecologicamente Responsáveis e Técnicas para Cultivá-las
Notícia: Dia do Amigo: campanha da Fundação do Câncer incentiva doações
Notícia: O que deu na mídia (edição 195)
Notícia: Curso promove projeto solidário em simulado
Oferta de Trabalho: Oportunidade de Trabalho