O que deu na mídia (edição 96)

Leia aqui as principais notícias sobre responsabilidade social e Terceiro Setor

Empresas se alinham a metas socioambientais – “DCI” – 20/05/2010

“Empresas paulistas já adotam ações compatíveis com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). O compromisso, assumido por 191 Estados-membros da Organização das Nações Unidas (ONU), além de guiar as ações sociais do governo federal, tem servido como diretriz na gestão socioambiental de empresas de grande e pequeno porte no Estado de São Paulo. A diretora do Comitê de Responsabilidade Social (Cores) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Eliane Belfort, afirma que muitas empresas já alinham suas ações sociais com os ODM. Ela ressalta, porém, que muitas outras empresas, apesar de desenvolverem políticas que coincidem com as metas, não identificam suas ações com os objetivos da ONU”.

1ª fase do prêmio Empreendedor Social tem 265 inscrições – “Folha de S. Paulo” – 20/05/2010

“Exatos 265 líderes de ONGs, Oscips, cooperativas e empresas sociais de 23 Estados e do Distrito Federal se candidataram aos prêmios Empreendedor Social e Empreendedor Social de Futuro, cujo prazo de inscrições terminou sábado. Fruto de uma parceria entre a Folha e a Fundação Schwab, da Suíça, o concurso identifica e estimula mentores de ideias e projetos que beneficiem a sociedade de maneira inovadora, abrangente e sustentável. Pelo quinto ano consecutivo, o Brasil é o país com mais inscrições”.

A hora do consumo sustentável – “O Globo” – 19/05/2010

“A dois meses do lançamento do Plano de Ação para a Produção e o Consumo Sustentáveis (PPCS) pelo Ministério do Meio Ambiente, o tema ganha peso em rodadas de discussões ao redor do mundo. Até sexta-feira passada, foi realizada na sede da ONU, em Nova York, a 18aconferência do fórum da Comissão de Desenvolvimento Sustentável (CDS). Em São Paulo, a Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) foi palco de debates sobre o impacto do consumo sobre a saúde do planeta, no início deste mês. Muitas discussões e uma certeza: é preciso apertar o passo na aprovação de medidas concretas, que garantam o protagonismo dos consumidores”

Banco Mundial financia a sustentabilidade em SP – “DCI” – 19/05/2010

“Diretores do Banco Mundial para a área de agricultura e desenvolvimento sustentável visitam hoje o Estado de São Paulo para conferir os resultados do Programa Estadual de Microbacias Hidrográficas, desenvolvido pelo governo estadual por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, executado pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) entre 2000 e 2008. Durante a visita, os executivos também vão conhecer as potencialidades da fase dois do programa, cujo acordo financeiro entre as partes deve ser assinado ainda este ano. O acordo envolve quase U$ 130 milhões para a implantação de práticas de sustentabilidade”.

Reforço no caixa da região amazônica – “O Globo” – 18/05/2010

“Uma parceria inovadora vai permitir reforçar ações e aprimorar projetos realizados na região amazônica. Até outubro, por exemplo, qualquer cidadão brasileiro poderá saber se houve desmatamento em áreas remotas do norte do Amazonas e Amapá, que ficam fora do alcance de satélites por conta de nuvens. Uma outra proposta prevê incluir, ainda este ano, produtos da Ilha do Marajó na economia verde. Uma terceira iniciativa promove municípios campeões de desmatamento a municípios verdes, ou seja, aqueles que não só conseguiram reduzir a zero o índice de desmatamento, como também contribuem para o reflorestamento”.

Empresas firmam compromisso contra exploração sexual – “DCI” – 18/05/2010

“O enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes ganha mais um aliado. É a Declaração de Compromisso, a ser firmada por empresas responsáveis por grandes obras no país. Uma articulação está sendo feita para que esse instrumento seja assinado e anunciado até o fim do mês, segundo informou a coordenadora do Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, da Secretaria de Direitos Humanos, Leila Paiva”.

Quando a meta é o bem estar – “O Globo” – 18/05/2010

“Pensar no bem estar dos funcionários é um dos compromissos das empresas. Só que, na prática, algumas companhias não conseguem atingir a excelência em todos os quesitos relacionados com responsabilidade social na gestão de recursos humanos. A Personal Service, empresa especializada em gestão de pessoal, inovou ao atingir este objetivo e recebeu recentemente, por isso, a certificação SA 8000”.

Mesa-redonda em torno do meio ambiente – “O Globo” – 18/05/2010

“O que as empresas podem fazer para que a questão ambiental deixe de ser apenas marketing e entre para a rotina da corporação? A resposta ainda não existe. Mas essa mudança de estratégia poderá fazer toda diferença na forma de fazer negócios a médio prazo, conforme prevê João Teixeira, vice-presidente executivo do Grupo Santander Brasil”.

Menos impacto – “O Globo” – 18/05/2010

“Com as mãos sujas de fuligem, um dos mais antigos funcionários da cerâmica Santa Izabel, no município de Itaboraí, no Rio de Janeiro, faz questão de explicar que tirou as luvas só por um segundo, porque elas ainda incomodam. Em seguida, antes mesmo de ser questionado, ele, que só então se apresenta como Auncilênio de Oliveira, assume também a responsabilidade por ter cortado as mangas do uniforme da empresa. Desde 1996, Auncilênio trabalha na Santa Izabel, e por isso ainda não se acostumou com a nova política da fábrica, mais preocupada com a segurança do trabalhador, implantada principalmente nos últimos três anos. Durante mais de dez anos, ele foi submetido a condições árduas de trabalho, com cargas horárias excessivas, salários baixos e falta de segurança, práticas que antes eram consideradas comuns pelo setor”.

Instituto Ethos e CGU criam cadastro positivo – “Valor Econômico” – 17/05/2010

“Para incentivar o setor privado a desenvolver ações de promoção de integridade, o Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social e a Controladoria-Geral da União (CGU) se uniram para criar o Cadastro Positivo. As companhias que valorizam uma atuação ética e responsável são candidatas naturais a fazer sua adesão, que é voluntária. A partir de hoje, durante 45 dias o projeto estará à disposição para consulta pública de empresas e setores da sociedade nos sites ethos.org.br e cgu.gov.br para avaliações e sugestões. “O tema é um dos mais atuais na agenda internacional e o Brasil sai na frente”, disse o ministro do CGU, Jorge Hage, sexta-feira, no encerramento da 12ª Conferência Internacional do Ethos, realizada em São Paulo”.

Mais risco sem o verde – “O Globo” – 18/05/2010

“O modelo de expansão urbana no Rio de Janeiro é apontado como um fator responsável pela vulnerabilidade da cidade às mudanças climáticas. Pesquisadores do Núcleo de Estudo da População (Nepo), da Unicamp, e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) cruzaram dados demográficos e de topografia da prefeitura com imagens de satélite para analisar como a mancha urbana se expandiu no estado entre 2001 e 2009. A conclusão é que o processo se deu de forma desordenada, tanto nas regiões centrais como na região metropolitana, e sem respeitar os ecossistemas naturais, ou seja, as áreas verdes. Consequência direta: a impermeabilização do solo e as enchentes”.

Voo rasante tucano nos votos verdes – “Correio Braziliense” – 18/05/2010

“O resultado das últimas pesquisas eleitorais, que apontaram o crescimento da pré-candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República, deve antecipar uma estratégia prevista apenas para a reta final do primeiro turno, em outubro. Os tucanos pretendem investir sobre o eleitorado que hoje declara voto à senadora Marina Silva (PV) — concorrente ao Palácio do Planalto, para tentar recolocar José Serra (PSDB) no mesmo patamar da petista. Os potenciais eleitores da ex-ministra do Meio Ambiente podem pender a balança presidencial para uma decisão já no primeiro turno”.

Um empresário com preocupações ecológicas – “O Globo” – 17/05/2010

“Anunciado como vice na chapa da pré-candidata a presidente Marina Silva (PV), o empresário Guilherme Leal é copresidente do Conselho de Administração da Natura Cosméticos e um dos fundadores da companhia. Nascido em São Paulo e formado em administração pela Universidade de São Paulo (USP), Leal, de 60 anos, é uma das pessoas mais ricas do país, segundo lista anual da revista americana “Forbes”: sua fortuna é calculada em US$ 2,1 bilhões, o que o coloca na 13acolocação no Brasil e na 463ano ranking internacional”.

Proliferação de cruzeiros faz crescer preocupação com impacto ambiental – “O Estado de S. Paulo” – 16/05/2010

“A proliferação dos cruzeiros na costa brasileira, comemorada pelos municípios que recebem mais visitantes e pela indústria do turismo, traz também preocupação sobre o impacto ambiental dos navios. Verdadeiras cidades flutuantes, as embarcações produzem grandes volumes de lixo, esgoto e de emissões de gases de efeito estufa – a eletricidade usada a bordo geralmente é produzida por motores a diesel”.

Modelo para a ONU – “Isto É Dinheiro” – 15/05/2010

“Desde pequena, a mineira Vanessa Araújo, 32 anos, sabia o que queria ser quando adulta. Não imaginava, contudo, que sua paixão por cosméticos lhe renderia o título de uma das dez melhores empreendedoras do mundo em tão pouco tempo. Sua empresa, a Kapeh – que produz xampus, sabonetes, óleos de banho, entre outros itens à base de extrato de café certificado – fez com que ela estivesse entre as dez finalistas da segunda edição do prêmio Empretec Women in Business Award 2010, promovido pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento do Comércio (Unctad), órgão ligado à ONU”.

Negócios éticos podem ajudar a reduzir a pobreza – “Valor Econômico” – 14/05/2010

“O economista argentino Bernardo Kliksberg, principal assessor para a América Latina e o Caribe do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), é um defensor incansável da ética e da redução das desigualdades econômicas e sociais. Acredita que todos – com destaque para as empresas, que devem incorporar efetivamente a responsabilidade social em sua gestão – podem fazer mais e administrar de forma mais eficiente os recursos disponíveis para superar as grandes diferenças que marcam hoje o mundo”.

Jardim Botânico terá Museu do Meio Ambiente – “O Globo” – 12/05/2010

“O Jardim Botânico já tem um projeto para a implantação do Museu do Meio Ambiente. O projeto dos arquitetos Bruno Santa Cecília e André Prado, de um escritório de Belo Horizonte, venceu o concurso promovido pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil do Rio (IAB-RJ). Eles terão três meses para fazer o projeto executivo. Depois disso, o Jardim Botânico vai captar recursos públicos e privados para a construção de dois prédios e reforma de um já existente”.

Marina defende terceira geração do Bolsa-Família – “O Estado de S. Paulo” – 12/05/2010

“Pré-candidata à Presidência pelo PV, a senadora Marina Silva defendeu a implementação da terceira geração do programa Bolsa-Família. Segundo ela, a ideia é continuar com a distribuição de renda, mas focando na profissionalização dos jovens”.

Diadema tem treinamento nas áreas de plástico e borracha – “DCI” – 10/05/2010

“A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), além do Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de São Paulo (Sindiplast), o Sindicato da Indústria de Artefatos de Borracha no Estado de São Paulo (Sindibor) e a prefeitura local, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho de Diadema, realizam de hoje a 21 de maio o segundo treinamento do Plano de Desenvolvimento Setorial (PDS) voltado para os setores do plástico e da borracha”.

Ameaça à redução do trabalho infantil – “Correio Braziliense” – 08/05/2010

“A crise econômica e financeira que atingiu boa parte dos países em 2008 e 2009, freou o ritmo de redução do trabalho infantil no mundo. Caso a atual velocidade se mantenha, a Organização Internacional Trabalho (OIT) alerta que não será possível atingir a meta de acabar, até 2016, com as funções degradantes exercidas por crianças e jovens. Para reverter esse quadro, 450 delegados do organismo vão se encontrar na próxima semana, na Holanda, e discutir alternativas para intensificar as ações na 2ª Conferência de Haia”.

Meio Ambiente debate instalação de usinas nucleares – “DCI” – 06/05/2010

“A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara promove audiência pública nesta quinta-feira (6) para discutir a instalação de usinas nucleares no Nordeste. A reunião foi proposta pelo líder do Partido Verde, deputado Edson Duarte (BA), por considerar que o assunto não está sendo debatido abertamente com a sociedade”.




Também nessa Edição nº: 96
Perfil: Roberto Ricardo de Amorim
Entrevista: Andre Degenszajn (2010/05)
Artigo: A ecologia das relações
Notícia: Balé sobre rodas
Notícia: Cavalo amigo
Notícia: Negócios do bem
Oferta de Trabalho: Procura-se (05/2010)