Nokia recolhe celulares em desuso e envia para centros de reciclagem

Projeto realizado em parceria com o Pão de Açúcar alcança nove cidades 

A Nokia e o Grupo Pão de Açúcar irão recolher celulares, acessórios e baterias usados para destinação correta destes equipamentos. A iniciativa será realizada pelo Programa Alô Recicle, que atende atualmente nove cidades brasileiras. Os pontos de coleta estão instalados em mais de 180 lojas da rede e a meta é inaugurar mais 73 urnas até o final do ano.

Os pontos para descarte dos aparelhos, baterias e acessórios estão instalados em locais de fácil acesso no interior das lojas próximos ao Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), em lojas das cidades de Salvador (BA), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Goiânia (GO), Recife (PE), Olinda (PE), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP).

Todos os materiais coletados são recolhidos pela Nokia e encaminhados para um centro de triagem na cidade de São José dos Campos, no interior paulista. De lá, seguem para o exterior. As baterias são encaminhadas para um parceiro da operação na Cidade do México, enquanto o restante do material vai para Chicago, nos Estados Unidos para ser totalmente reciclado.

As matérias primas coletadas se transformam em novos produtos, tais como brinquedos, eletrônicos, produtos odontológicos e até pavimento asfáltico ou são utilizadas como fonte de energia para o próprio processo de reciclagem. “A parceria com a Nokia reforça a preocupação das duas empresas em informar ao consumidor a importância de adotar hábitos sustentáveis no dia a dia e criar soluções que facilitem seu engajamento”, destaca o vice-presidente Executivo do Grupo Pão de Açúcar, Hugo Bethlem.

Estimativas da Nokia apontam que, se todos os cerca de 4,8 bilhões de usuários de celular no mundo devolvessem pelo menos um aparelho em desuso, seria possível economizar 380 mil toneladas de matéria prima e reduzir a emissão de gases, com efeito idêntico à retirada de quatro milhões de carros das ruas.

Um aparelho celular é composto por 45% de plástico, 35% de metais, 10% de vidro e cerâmica, 9% de bateria, 0,11% de materiais preciosos e 0,9% de outros materiais. A reciclagem possibilita a economia de energia, de produtos químicos e resíduos. De 65% a 80% dos materiais de um aparelho podem ser reciclados, mas até 100% podem ser recuperados, se transformados em outros produtos e na geração de energia.


Grupo Pão de Açúcar - Telefone: (61) 3347-1030

Também nessa Edição nº: 127
Perfil: Léo Valença (2011/10)
Entrevista: Sebastião Luiz de Mello
Artigo: “Lembrando Prahalad, sobre inovação e sustentabilidade”
Notícia: Energia limpa (2011/10)
Notícia: Sabin inagura ludotecas no Distrito Federal
Oferta de Trabalho: Procura-se (10/2011)