Fundo Brasil de Direitos Humanos debate o papel da mídia

f308f890-2c13-4dc4-8e70-a475d41237d7 (1)

Na manhã do dia 23/04, a primeira mesa de debate do seminário “Comunicação, violência e direitos humanos” abordou o tema “textos e contextos – comunicação, violência e direitos humanos”. Flavia Oliveira, colunista do jornal O Globo e Renato Rovai, editor da revista Fórum apresentaram como a mídia tem tratado esses temas.

Rovai destacou atos violentos que têm sido defendidos por grupos organizados nas mídias sociais, mostrando como alguns excessos cometidos pela polícia e pela própria sociedade são amplamente difundidos, comentados e compartilhados pela internet. O despreparo de alguns jornalistas de programas sensacionalistas ao entrevistarem suspeitos nas delegacias, tratando-os como bandido, antes dos mesmos serem julgados, ainda é comum. “Sem falar na falta de clareza sobre a falta de informação sobre a diferença entre liberdade de imprensa e liberdade de expressão”.

Enquanto Flavia apontou um estudo que está fazendo sobre a cobertura da grande imprensa no caso de redução da maioridade penal, que influencia diretamente a opinião pública por meio de artigos e discursos pró-redução da maioridade penal. De acordo com ela, a mídia contribui com a percepção exagerada da violência cometida por menores, que acaba ganhando mais destaque nos noticiários que os crimes cometidos por adultos.

Átila Roque, diretor vice-presidente de projetos do Fundo Brasil de Direitos Humanos e diretor executivo da Anistia Internacional, foi o mediador da mesa e enfatizou a importância desse debate para refletir a democracia e a comunicação e narrativas sobre a realidade num país marcado pela desigualdade. “A comunicação de massa ainda é avessa a complexidade e reforça estereótipos”, conclui.

O Seminário acontece durante todo o dia de hoje. A segunda mesa de debate “Políticas, novos conteúdos e contrainformação” começa às 14h e conta com a participação de Bruno Torturra ( Fluxo), Jacira Melo (Instituto Patrícia Galvão), Laura Capriglione (Ponte) e Pedro Ekman (Coletivo Intervozes), moderados por Ana Valéria Araújo, coordenadora executiva do Fundo Brasil de Direitos Humanos.

Serviço
Seminário “Comunicação, violência e direitos humanos”
Dia 23 de abril

O evento foi transmitido ao vivo via internet –

Sobre o Fundo Brasil

O Fundo Brasil tem a missão de contribuir para a realização de direitos humanos no país, construindo mecanismos inovadores e sustentáveis que canalizem recursos para fortalecer organizações da sociedade civil e para desenvolver a filantropia de justiça social.

Fundado sob a orientação de ativistas e acadêmicos respeitados, iniciou suas atividades em 2006 e já destinou R$ 7,6 milhões a quase 300 projetos espalhados por todas as regiões brasileiras.

Este ano, o Fundo Brasil vai doar mais de R$ 1 milhão para apoiar projetos que tenham o objetivo de combater a violência institucional, a discriminação e o tráfico de pessoas.


Fundo Brasil - eventos@fundodireitoshumanos.org.br

Também nessa Edição nº: 190
Perfil: ISF - Ian Somerhalder Foundation
Entrevista: Fernando Alves
Artigo: O Empreendedorismo e a Responsabilidade Social: Uma experiência
Notícia: Alunos do TECPUC levaram oficinas em fim de semana solidário na Ilha Rasa em Guaraqueçaba
Notícia: O que deu na mídia (edição 190)
Notícia: Feira de Economia Solidária recebe inscrições de expositores em Curitiba
Oferta de Trabalho: Oportunidades de Trabalho