Brasil sedia Simpósio Econômico Global 2012

Realizado pela primeira fora da Europa, o evento discutirá problemas mundiais

A capital fluminense sediará nesse mês o Simpósio Econômico Global 2012 (Global Economic Symposium, GES). Realizado pelo Instituto de Economia Mundial de Kiel em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, o evento receberá especialistas de todo o mundo nos dias 16 e 17. O objetivo é discutir e apresentar soluções para problemas urgentes da atualidade em economia, política e meio ambiente.

O eixo central dos debates será o tema “O crescimento por meio de educação e Inovação”. A pauta do encontro conta, ainda, com discussões sobre desemprego entre jovens, o futuro dos bancos centrais, comportamento social para uma economia sustentável, reavaliação de energias renováveis, investimentos efetivos em educação e a segurança diante da globalização.

Essa é a primeira vez que o encontro será realizado fora da Europa. A iniciativa conta também com a parceria do Bertelsmann Stiftung e do Centro de Informação Leibniz de Economia. A inscrição para participar do simpósio é gratuita, mas as vagas são limitadas.

“É necessário um investimento efetivo em educação. E tenho certeza que vão aparecer ideias realmente interessantes. As sugestões devem girar em torno da importância de incentivos diretos com o alcance de metas concretas”, destacou o presidente do Instituto Kiel, Dennis Snower.

Para o da FGV, Carlos Ivan Simonsen Leal, o encontro é a oportunidade de unir temas que estão, em última instância, relacionados entre si. “O mundo tem muitas ilhas gigantes, com canais de interação entre elas, como comércio, segurança e outros. Teremos a chance de ver os pensadores interagindo sobre esses temas”, avaliou. .

De acordo com Snower, um dos cuidados na seleção dos participantes, é que apresentem trabalhos baseados em pesquisas e que as discussões avancem em busca de soluções para os diferentes temas. Essas conclusões são, posteriormente, encaminhadas a organismos internacionais como Organização Internacional do Trabalho (OIT), Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), Organização das Nações Unidas (ONU) e Fundo Monetário Internacional (FMI).

(Responsabilidade Social, com informações do jornal O Globo)


Simpósio Econômico Global 2012 - Telefone: (21) 3799-6044

Também nessa Edição nº: 144
Entrevista: Fernando Alves
Entrevista: Antônio Celso da Silva
Artigo: A educação e os novos prefeitos, artigo de Mozart Neves Ramos
Notícia: Estudo mostra que a maioria dos biocombustíveis não é verde
Notícia: Instituto Arcor anuncia novo projeto educacional
Oferta de Trabalho: Procura-se (10/2012)