Flávia Queiroz

Flávia Queiroz

Flávia Queiroz, gerente executiva da Page Talent, unidade de negócios da Page Personnel dedicada ao recrutamento de estagiários e trainees, fala sobre pesquisa recente da empresa sobre responsabilidade social empresarial (RSE). O estudo, realizado em janeiro e fevereiro deste ano com cerca de 660 jovens de 18 a 24 anos, procurou saber se os jovens talentos estavam preocupados em avaliar se as empresas estão envolvidas com questões socioambientais.

Mais da metade dos entrevistados (63,6%) afirmaram que procuram saber quais os programas de responsabilidade ambiental que as companhias que eles pretendem atuar estão envolvidas. O estudo apontou ainda que 27,8% avaliam esporadicamente se as empresas em questão tem envolvimento com a temática ambiental. E apenas 8,6% confessaram que não se preocupam com questões relacionadas ao meio ambiente. Confira.

Responsabilidade Social – A partir da constatação do levantamento, quais os desafios que surgem para as empresas atraírem profissionais com o entendimento do diferencial estratégico da gestão que leva em conta a área socioambiental?

Flávia Queiroz – A empresa tem o desafio de ser sustentável e sólida nas suas ações. Hoje, os jovens não avaliam as coisas superficialmente. Tudo precisa fazer sentido para eles. Se eles comprovarem que a empresa tem uma atuação socioambiental, mas perceberem que é algo superficial ou apenas para aparecer como uma empresa que se preocupa com este assunto, não fará sentido para ele.

RS – Na sua avaliação, os jovens tendem a aumentar o interesse nas questões, socioambientais? Como essa preocupação deve evoluir nos próximos anos?

FQ – Acredito que cada vez mais a sociedade como um todo vai se interessar mais por questões socioambientais. Por interesse nato ou por necessidade, principalmente quando falamos do lado ambiental do assunto.

RS – Na outra ponta, as empresas também buscam mais por profissionais envolvidos em projetos socioambientais ou ainda não há essa preocupação?

FQ – Na maioria das vezes as empresas buscam pessoas que tenham aderência a seus valores e cultura. Uma vez que uma empresa se preocupa com questões socioambientais fará sentido contratar pessoas que também tenham essa preocupação. Mas é importante que isso de fato faça parte dos valores dos candidatos e não apenas ter no currículo algumas ações que já fez. Outro ponto importante, e que quando falamos da contratação de jovens talentos, normalmente eles têm pouco ou nenhum experiência profissional. Por este motivo, ter se envolvido em projetos socioambientais durante a vida acadêmica, pode sim ser um diferencial.

RS – Com essa busca maior por qualidade, com cobrança mais acentuada por transparência, profissionalismo e investimentos em responsabilidade social, como as empresas podem divulgar suas ações de responsabilidade social? O que elas devem priorizar: a comunicação com os colaboradores, com os clientes, com a comunidade ou com a imprensa? Por quê?

FQ – É importante que todos os grupos acima sejam comunicados, mas entendo que a divulgação para os colaboradores seja uma das mais importantes. O colaborador precisa saber o que acontece na empresa em que trabalha, precisa entender como ela pensa e age. Sem dizer que, muitas vezes, este colaborador pode ser um recurso para estas ações. Ter seus colaboradores envolvidos nestas ações e atuando como replicadores sem duvida é um grande indício de credibilidade.

RS – Na sua opinião, as empresas brasileiras já dão a devida importância ao tema socioambiental? Qual o cenário atual da RSE no Brasil?

FQ – As empresas brasileiras estão cada vez mais discutindo os temas socioambientais relativos aos seus negócios. Ações voltadas para esse tema estão incluídas nas diretrizes de governança corporativa das companhias e colaboram para imagem institucional satisfatória, além de atrair a atenção e o interesse dos jovens talentos.

RS – Qual o seu entendimento do termo ‘responsabilidade social’?

FQ – Compreendo o termo como o comprometimento e emprenho das grandes companhias em adotar uma postura e ações éticas no desenvolvimento sustentável de seus negócios , contemplando a qualidade de vida de seus colaboradores e familiares, da comunidade local e da sociedade como um todo.

 

Entre em contato
Page Talent
Site: http://www.pagetalent.com.br




Também nessa Edição nº: 177
Perfil: Eduardo Srur
Notícia: Seminário discute marco regulatório das organizações da sociedade civil
Notícia: Artigo: Dez dicas para ser um consumidor verde
Notícia: Audi divulga inventário da pegada de carbono e anuncia redução de 25% das emissões até 2016
Oferta de Trabalho: Oportunidades de trabalho