Vitrine política

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio 20, que acontecerá de 4 a 6 de junho de 2012, no Rio de Janeiro, será uma oportunidade única para a criação de um novo modelo de desenvolvimento que não se atenha apenas a aspectos econômicos.

Na avaliação do ministro de Relações Exteriores, Antonio Patriota, o país poderá liderar o debate sobre ter economia verde com combate à pobreza e inclusão social. “O Brasil está posicionado como poucos para assumir a liderança desse debate, com seu modelo de crescimento com a matriz energética mais limpa do mundo e progressos em relação ao desmatamento e redução da pobreza”, comentou no Senado.

A ideia já animou a bancada do PT no Congresso e há quem cogite a proposta de criar um grupo para acompanhar os trabalhos de preparação da conferência. A expectativa da ONU e dos diplomatas brasileiros é que 50 mil pessoas peçam credenciamento para participar da conferência. E, como a Rio-92 reuniu 108 chefes de Estado num momento em que o tema meio ambiente não era tão preocupante, o evento de 2012 será certamente uma excelente oportunidade para que para mostrar os programas do governo ao Brasil e ao mundo.




Também nessa Edição nº: 119
Perfil: Fabio Ravaglia
Entrevista: Marco Antonio Rossi
Artigo: Mindsets para o avanço
Notícia: O que deu na mídia (edição 119)
Notícia: Grupo Lwart repassa R$ 1,4 milhão para o setor social
Notícia: Sebrae leva tecnologia social para o DF como alternativa para dependentes químicos
Notícia: Governo lança programa para impulsionar ensino técnico no país
Oferta de Trabalho: Procura-se (05/2011)